Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Colonos ferem palestino de 4 anos com pedrada na cabeça

Muhammad Hamamdeh, menino palestino de 4 anos de idade [Haifaa Khalafallah/Twitter]

Um menino palestino de quatro anos de idade sofreu ferimentos em sua cabeça nesta terça-feira (28), após colonos ilegais israelenses executarem um ataque contra a população nativa na região de Monte Hebron (Al-Khalil), Cisjordânia ocupada.

Muhammad Hamamdeh foi atingido por uma pedra e então transferido ao Centro Médico de Soroka, na cidade de Beersheba,  onde constatou-se traumatismo craniano.

Gaby Lasky, membro do Knesset (parlamento israelense) pelo partido Meretz, descreveu os ataques como “pior incidente de violência colonial contra os palestinos em anos” e questionou a inação das tropas da ocupação estacionadas no local.

Lasky reiterou que aqueles que “não prenderam imediatamente os colonos envolvidos, deram apoio a crimes de ódio e violação flagrante do estado de direito”.

Outro menino palestino foi gravemente ferido por disparos israelenses, também na terça-feira, na Cisjordânia ocupada, segundo o Ministério da Saúde da Autoridade Palestina.

Em nota, o ministério observou que a criança de 12 anos de idade, residente no campo de refugiados de al-Aroub, norte de Hebron, foi baleada por munição real no abdômen e transferida às pressas ao Hospital da Sociedade Árabe, na cidade de Belém.

No entanto, não há ainda detalhes sobre o episódio.

LEIA: Soldados da ocupação perseguem e prendem crianças palestinas

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments