Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel suspende diretor da cadeia de Gilboa após fuga de prisioneiros

Torre de vigilância na penitenciária de segurança máxima de Gilboa, no norte do território considerado Israel, em 6 de setembro de 2021 [JALAA MAREY/AFP via Getty Images]
Torre de vigilância na penitenciária de segurança máxima de Gilboa, no norte do território considerado Israel, em 6 de setembro de 2021 [JALAA MAREY/AFP via Getty Images]

Nesta quinta-feira (23), autoridades penitenciárias de Israel confirmaram a suspensão provisória do diretor da cadeia de segurança máxima de Gilboa, Freddy Ben-Sheetrit, após seis detentos palestinos escavarem uma rota de fuga no início do mês.

Segundo o jornal israelense Haaretz, Katy Perry, comissária do Serviço Penitenciário de Israel (SPI) propôs “dispensar Ben-Sheetrit do cargo”. Tel Aviv, no entanto, parece ter indeferido, pois a investigação sobre a fuga ainda está em curso.

Ben-Sheetrit prometeu cooperar com o inquérito, mas oficiais do SPI acusam o chefe de Gilboa de “fracasso”.

Seis prisioneiros palestinos fugiram de Gilboa, no norte do território considerado Israel, em 6 de setembro. Após quase duas semanas de caça intensiva e gastos multimilionários da ocupação israelense, todos foram recapturados.

LEIA: Zakaria Zubeidi e a resistência cultural através do Teatro da Liberdade em Jenin

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments