Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Hamas nega ter investimentos no Sudão

Hazem Qassem, porta-voz do Hamas, 25 de fevereiro de 2021 [Hazemaq/Twitter]

O Hamas negou ontem ter quaisquer bens ou investimentos no Sudão, após relatos da mídia alegando que as autoridades em Cartum os apreenderam.

“Não temos investimentos no Sudão”, disse o porta-voz Hazem Qassem. “Não temos problemas com nenhuma autoridade sudanesa”, acrescentou.

No início de ontem, a Reuters relatou que funcionários de uma força-tarefa criada para desmantelar o regime do presidente deposto Omar Al-Bashir apreenderam imóveis, ações da empresa, um hotel em uma localização privilegiada em Cartum, uma casa de câmbio, uma estação de TV e mais de um milhão de acres de terras agrícolas.

Vários funcionários do Hamas negaram o relatório, com o membro sênior Musa Abu Marzouk explicando que “parte do que é relatado aqui é antigo”, acrescentando que “a maior parte não tem nada a ver com o Hamas”.

Enquanto isso, o analista político Hazem Ayyad descreveu os relatórios como “distorcidos e com o objetivo de vincular o Hamas ao golpe de forma ridícula”.

O relato de que a propriedade foi confiscada veio dois dias depois que o Ministério da Defesa sudanês anunciou que havia frustrado uma tentativa de golpe orquestrada por partidários de Bashir.

LEIA: Hamas alega ter apresentado termos para troca de prisioneiros, sem resposta

Categorias
ÁfricaIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaSudão
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments