Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Dezenas de meninas estudantes fogem do Afeganistão para o Canadá

Os afegãos continuam esperando no Aeroporto Internacional Hamid Karzai enquanto tentam fugir da capital afegã, Cabul, Afeganistão em 21 de agosto de 2021 [Sayed Khodaiberdi Sadat / Agência Anadolu]

Cerca de 200 meninas estudantes e dançarinas fugiram do Afeganistão com a ajuda da instituição de caridade Prince Charles, de Toronto, Canadá, informou a mídia canadense na segunda-feira, informou a Agência Anadolu.

As meninas e suas famílias serão reassentadas na província canadense de Saskatchewan nas próximas semanas, disse o ministro canadense da imigração.

“(Nós) exauriremos todas as opções para ajudar os refugiados afegãos a chegarem à segurança em nosso país”, disse Marco Mendicino ao serviço de notícias Canadian Press. “Oferecer refúgio a mulheres, meninas e minorias perseguidas está no centro da resposta humanitária do Canadá à crise no Afeganistão”.

As refugiadas e suas famílias fugiram do Afeganistão para escapar do governo interino do Talibã, que emitiu um decreto no final da semana passada proibindo as meninas de voltar ao ensino médio.

LEIA: Talibã promete retomar educação a adolescentes; não cita meninas

O grupo tentou sair pelo aeroporto na capital Cabul, mas era muito perigoso. Rejeitado, o grupo passou semanas tentando encontrar uma passagem segura por terra e acabou conseguindo, chegando ao Paquistão. A rota exata está sendo mantida em segredo por motivos de segurança.

Em 2010, o príncipe Charles da Grã-Bretanha fundou a Prince Charles, cuja filial em Toronto desempenhou um papel fundamental no planejamento da fuga. O grupo expressou alívio pelo fato de as afegãs terem saído em segurança.

“Elas formam uma comunidade altamente inspiradora e agora têm a oportunidade de crescer e continuar seus estudos no Canadá”, disse Mark Fell, presidente da Prince’s Charities Canada.

Em cerca de três semanas, as meninas e suas famílias viajarão para Saskatoon, Saskatchewan, onde se estabelecerão após passar pela quarentena do COVID-19.

Saskatoon tem uma população de cerca de 274.000. Há uma comunidade afegã lá. mas a informação sobre o número de afegãos na cidade não estava imediatamente disponível. No entanto, alguns dos refugiados que escaparam têm familiares ali.

O censo de 2016 do país mostra que há cerca de 76.000 afegãos vivendo no Canadá, de acordo com a Taylor and Francis, uma empresa com sede no Reino Unido que publica livros acadêmicos e periódicos.

LEIA: Talibã proíbe as mulheres de praticar esportes e diz não ser “necessário” que joguem críquete

Categorias
AfeganistãoÁsia & AméricasCanadáEuropa & RússiaNotíciaReino Unido
Show Comments
Show Comments