Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

OTAN afirma que mais de 500 afegãos que trabalhavam para a aliança foram evacuados

Cerca de 360 pessoas, 80 das quais são cidadãos ucranianos, evacuadas da capital do Afeganistão, Cabul, chegam a Kiev, Ucrânia, em 28 de agosto de 2021 [Presidência Ucraniana/Agência Anadolu]

A OTAN anunciou na segunda-feira que evacuou mais de 500 ex-funcionários afegãos e suas famílias do país controlado pelo Talibã, informou a Agência Anadolu.

“Mais de 500 afegãos que trabalharam com a OTAN e suas famílias foram evacuadas e alojadas em segurança em instalações temporárias em Bases em toda a Europa, com o apoio de tropas aliadas”, disse um comunicado divulgado pelo Quartel-General Supremo das Potências Aliadas na Europa.

As bases militares europeias proporcionam alojamento temporário às pessoas até que a OTAN e os funcionários nacionais providenciem o estatuto de protecção internacional, alojamento e apoio para eles nos países aliados.

“A OTAN está empenhada em evacuar os funcionários da OTAN e suas famílias, aquelas pessoas com quem servimos no Afeganistão, para um ambiente seguro e protegido”, disse o major-general John Mead, chefe do Estado-Maior do Allied Rapid Reaction Corps.

No total, os aliados da OTAN evacuaram mais de 120.000 pessoas por via aérea do aeroporto de Cabul.

LEIA: As lutas da África com a descolonização estão sendo reproduzidas no Afeganistão

Categorias
AfeganistãoÁsia & AméricasNotíciaOrganizações InternacionaisOTAN
Show Comments
Show Comments