Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Soldados israelenses matam palestinos em Ramallah, na Cisjordânia ocupada

Palestino pai de quatro filhos, Raed Youssef Jadallah foi morto a tiros por um soldado israelense em 31 de agosto de 2021 [NewPress_en/Twitter]

Um palestino pai de quatro filhos foi morto a tiros por soldados israelenses na noite passada em um posto de controle em Beit Ur Al-Tahta, perto da cidade ocupada de Ramallah, na Cisjordânia, confirmou o Ministério da Saúde.

Raed Youssef Jadallah, 39, foi morto a tiros depois que foi buscar seu filho que estava voltando do trabalho na Jerusalém ocupada. Seu filho o encontrou morto depois de tentar falar com ele por telefone.

Moradores locais disseram que não houve distúrbios ou problemas na área no momento do tiroteio. As forças israelenses, no entanto, afirmam ter visto Jadallah acendendo uma fogueira em uma estrada perto do posto de controle e atiraram nele. No entanto, nenhuma evidência de tal incêndio foi encontrada.

Enquanto isso, as forças de ocupação israelenses demoliram três estruturas agrícolas no vilarejo de Duma, ao sul de Nablus, informou a agência de notícias Wafa hoje.

De acordo com Ghassan Daghlas, um oficial palestino que monitora as atividades de assentamento no distrito, as forças israelenses entraram na aldeia durante as primeiras horas desta manhã. Suas escavadeiras demoliram uma estrutura agrícola de propriedade do residente local Faris Salawdeh e duas outras de propriedade de um palestino de Jerusalém.

A política amplamente praticada por Israel de demolição de casas e destruição de outras propriedades tem como alvo famílias inteiras. Essas demolições são consideradas punições coletivas ilegais de acordo com o direito internacional.

LEIA: Corte de Israel recusa-se a libertar palestina prestes a dar à luz

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments