Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Dezenas são mortos em Cabul por ataque suicida à bomba perto do aeroporto

13 pessoas foram mortas, incluindo crianças e soldados americanos , em uma explosão dupla nas proximidades do Aeroporto Hamid Karzai na capital afegã, Cabul, 26 de agosto de 2021 [Sayed Khodaiberdi Sadat / Agência Anadolu]
13 pessoas foram mortas, incluindo crianças e soldados americanos , em uma explosão dupla nas proximidades do Aeroporto Hamid Karzai na capital afegã, Cabul, 26 de agosto de 2021 [Sayed Khodaiberdi Sadat / Agência Anadolu]

Uma suposta bomba suicida explodiu fora do aeroporto de Cabul hoje, matando pelo menos 13 pessoas, incluindo crianças, disse um oficial do Talibã, depois que os Estados Unidos e aliados instaram os afegãos a deixar a área por causa de uma ameaça do Daesh, informou a Reuters.

O oficial disse que muitos guardas do Talibça ficaram feridos.

Uma autoridade dos EUA disse que militares americanos estavam entre os feridos, acrescentando que estava citando um relatório inicial e advertindo que ele poderia ser atualizado. Sua informação é de que houve vítimas, mas ele não sabia quantas ou de que nacionalidade.

Milhares de pessoas se reuniram em frente ao aeroporto nos últimos dias. As tropas ocidentais estão correndo para evacuar estrangeiros e afegãos que ajudaram os países ocidentais durante a guerra de 20 anos contra o Talibã, e para sair até o prazo de 31 de agosto.

LEIA: Reino Unido é acusado de abandonar cidadãos binacionais no Afeganistão

O secretário de imprensa do Pentágono, John Kirby, disse que houve uma explosão e não ficou claro se houve vítimas. Um diplomata ocidental em Cabul disse anteriormente que as áreas fora dos portões do aeroporto estavam “incrivelmente lotadas” novamente, apesar dos avisos de um possível ataque.

Ainda havia poucos detalhes sobre o ataque, mas os países ocidentais estavam alertando sobre um possível ataque do Daesh.

Os talibãs, cujos combatentes guardam o perímetro fora do aeroporto, são inimigos dos elementos locais do Daesh, conhecido como Estado Islâmico Khorasan (ISIS-K), por causa de um antigo nome para a região.

“Nossos guardas também estão arriscando suas vidas no aeroporto de Cabul, eles também enfrentam uma ameaça do grupo do Estado Islâmico”, disse um oficial do Talibã, que falou sob condição de anonimato e antes dos relatos da explosão.

O presidente dos EUA, Joe Biden, foi informado sobre a explosão, de acordo com um funcionário da Casa Branca. Biden estava em uma reunião com oficiais de segurança sobre a situação no Afeganistão quando a explosão foi relatada pela primeira vez, de acordo com uma fonte.

As preocupações sobre um ataque surgiram em um cenário caótico em Cabul, onde o transporte aéreo massivo de estrangeiros e suas famílias, bem como de alguns afegãos, está em andamento desde um dia antes de o Talibã capturar a cidade em 15 de agosto, coroando um avanço relâmpago através do país qassim que as tropas americanas e aliadas se retiraram.

LEIA: Os afegãos venceram o invasor

Categorias
AfeganistãoÁsia & AméricasNotícia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments