Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Autoridade Palestina considera currículo palestino ‘questão soberana’

Alunos palestinos revisam conteúdo antes de entrar na escola para os exames finais na cidade de Hebron, na Cisjordânia, em 30 de maio de 2020 [Hazem Bader/AFP via Getty Images]

A Autoridade Palestina (AP) reiterou ontem que o currículo palestino é uma “questão soberana e qualquer decisão relacionada a ela permanecerá independente e nacional”, disse em um comunicado.

O Ministério da Educação continuou: “O currículo palestino continuará a acompanhar os princípios nacionais palestinos, as referências palestinas e os tratados e as convenções internacionais”.

Estão em curso esforços para “imunizá-lo contra interferências externas e manter a sua independência”, continuou.

A pressão israelense sobre o ministério para mudar seu sistema educacional “é uma das formas de guerras sistemáticas contra o currículo palestino e seu conteúdo”.

A AP tem sofrido ataques repetidos após alegações de que seu currículo incita contra os judeus e é antissemita, apesar de um estudo financiado pela UE ter “acabado de concluir que os livros palestinos aderem aos padrões da Unesco e não encontraram virtualmente nenhum caso de antissemitismo”. O relatório sobre os livros didáticos não reivindica “incitamento” e encontrou apenas um capítulo em um livro (em mais de 150 livros revisados) com motivos antissemitas – que desde então foi alterado.

Isso acontece enquanto a juventude israelense marcha pelas ruas da Jerusalém Oriental ocupada mudando a “morte aos árabes” e “uma segunda Nakba está chegando” em referência à destruição da pátria palestina por milícias judaicas para abrir caminho para a criação do Estado de Israel em 1948. Muitos, desde então, questionaram a própria educação dos participantes e onde eles foram ensinados a odiar os árabes dessa maneira.

LEIA: Outro escândalo sobre livro didático expõe a indignação seletiva da União Europeia

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments