Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Conheça a presidente do clube de futebol da Turquia com lenço na cabeça

Cevher Erdem, presidente do Clube Esportivo Turco Adiyaman 1954, em 30 de abril de 2021 [Cenap ÖZHARIKCI/Zeynal BOZ]

A presidente do Adiyaman 1954 Football Club chamou a atenção por ser a primeira mulher nessa posição a vencer um campeonato na Turquia. A equipe de Cevher Erdem foi promovida à Liga Dois.

Além de ser a presidente do clube de Adiyaman, a jovem de 31 anos, mãe de dois filhos, é uma empresária de sucesso e sócia de uma produtora de alimentos. Ela é presidente desde outubro do ano passado. Seu relacionamento com o Adiyaman 1954 FC começou com um contrato de patrocínio.

“Ser presidente do clube não foi uma escolha minha ou uma decisão que tomei sozinha”, disse-me ela. “O meu interesse pelo futebol e o meu primeiro contato com o clube começaram com um contrato de patrocínio. Depois participei em muitas atividades do clube devido ao meu patrocínio desportivo. Depois de um tempo, fui chamada para ser vice-presidente.”

Mais tarde, devido à sua dedicação e trabalho árduo no clube, a gestão decidiu nomear Erdem para o primeiro lugar.

Qualquer função no futebol profissional tem potencial para ser estressante, e ser presidente não é diferente. Ela já se arrependeu de ter feito isso? Nem um pouco, ao que parece. “Sempre defendi as minhas decisões na vida e ser presidente do clube de futebol e ganhar a confiança dos jogadores, da gestão e dos adeptos é algo de que me orgulho. Não os decepcionei.”

A primeira patinadora hijabi do mundo: ‘Quero mostrar ao mundo que nossas mulheres são poderosas’.

LEIA: ‘Quero mostrar a todos o poder de nossas mulheres’, afirma primeira patinadora de hijab do mundo

Erdem admite que assumir tal responsabilidade em um negócio dominado por homens não foi fácil no início. “Foi um pouco difícil, embora por pouco tempo, conseguir que meu perfil não convencional fosse aceito. Mas quem me conhece sabe que me sinto muito confortável com as dificuldades, nunca fujo e trabalho muito até ter sucesso.”

E o lenço na cabeça? Algum problema com isso no mundo do futebol? Ela deixa bem claro que isso faz parte de suas crenças e de sua escolha. Ela insiste em que nunca toleraria qualquer desrespeito por sua fé.

“Respeito o modo de vida de todos e todos devem respeitar uns aos outros. Na verdade, encontrei apoio no estádio, e não na oposição, porque as pessoas veem a diversidade como uma força e a apoiam.”

Ela insiste que mulheres e homens têm a mesma capacidade de trabalhar nessa posição. “Sou contra associar talento a gênero. Talento é algo que difere de pessoa para pessoa, não de homem para mulher. Afinal, há chefs masculinos mundialmente famosos trabalhando na cozinha, um lugar que tradicionalmente é retratado como sendo dominado por mulheres.”

Erdem expressou sua gratidão aos fãs que, segundo ela, têm uma dedicação incrível ao clube e também respeito por ela. Ela também tem um forte relacionamento com os jogadores que a apoiam em todos os desafios.

O seu sonho é que o Adiyaman 1954 FC seja promovido à League One. Ela acredita que isso é possível se os jogadores mostrarem a mesma determinação e vontade que levaram à promoção à Liga Dois.

Como mulher em um ambiente dominado por homens, qual é o conselho de Cevher Erdem para as jovens que podem ter ambições e talentos semelhantes fora do comum? “Acredite em si mesmo e siga seus sonhos, não se canse, e nunca desista. Aí, você verá que um dia todos acreditarão em você e testemunharão o seu sucesso.”

Cevher Erdem, presidente do Clube Esportivo Turco Adiyaman 1954, em 30 de abril de 2021 [Cenap ÖZHARIKCI/Zeynal BOZ]

LEIA: Conheça a primeira árbitra de futebol muçulmana da Grã-Bretanha

Categorias
EntrevistasEuropa & RússiaTurquiaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments