Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Filósofo alemão rejeita prêmio de Emirados Árabes

Professor Jurgen Habermas em Berlim, em 13 de novembro de 2010 [Odd Andersen/AFP via Getty Images]
Professor Jurgen Habermas em Berlim, em 13 de novembro de 2010 [Odd Andersen/AFP via Getty Images]

O filósofo alemão Jurgen Habermas rejeitou um prêmio literário dos Emirados Árabes no domingo por questões de direitos humanos no país do Golfo, relatou a Agência Anadolu.

Anteriormente, Habermas aceitou o Sheikh Zayed Book Award, um dos prêmios mais prestigiosos e bem financiados do mundo árabe, mas reverteu a decisão após reações da mídia alemã.

“Anunciei que aceitaria o prêmio Sheikh Zayed Book deste ano. Foi uma decisão errada, que eu corrijo aqui”, disse ele em um comunicado compartilhado com o site de notícias Spiegel Online.

“Não deixei suficientemente claro para mim mesmo a ligação muito estreita da instituição, que concede esses prêmios em Abu Dhabi, com o sistema político existente lá”, acrescentou.

Habermas recebeu o prêmio de ‘Personalidade Cultural do Ano’ em 2021.

Após a decisão do filósofo alemão, o prêmio emitiu um comunicado na manhã de segunda-feira em seu site.

“O Sheikh Zayed Book Award expressa seu pesar pela decisão do Sr. Jurgen Habermas de se retratar de sua aceitação do prêmio, mas o respeita. O prêmio incorpora os valores de tolerância, conhecimento e criatividade enquanto constrói pontes entre culturas e continuará a cumprir esta missão.”

LEIA: Mulher do Reino Unido diz que os Emirados Árabes negaram seu visto de trabalho devido à descendência somali

Categorias
AlemanhaEmirados Árabes UnidosEuropa & RússiaNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments