Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ex-primeiro-ministro do Catar alerta para impacto da competição dos EUA e China na região do Golfo

Ex-primeiro-ministro do Catar, Hamad bin Jassim Al Thani [Sean Gallup/Getty Images]
Ex-primeiro-ministro do Catar, Hamad bin Jassim Al Thani [Sean Gallup/Getty Images]

O ex-primeiro-ministro do Catar, Hamad Bin Jassim Al Thani, alertou ontem para as repercussões da intensa competição entre Estados Unidos e China na região do Golfo e pediu aos países árabes do Golfo que garantam a proteção de seus interesses.

“Os Estados Unidos mobilizarão mais suas forças navais na região do Pacífico às custas de sua presença em nossa região, que é o que Washington já começou”, escreveu Al Thani no Twitter.

“A atenção global se concentrará nos próximos anos na competição entre Estados Unidos e China nos campos econômico e político e no que isso implica em termos de força militar necessária para garantir privilégios”, acrescentou.

Bin Jassim explicou que “o resultado direto desse reposicionamento americano é que nossa região ficará mais exposta e vulnerável a preocupações de perigo, a menos que nossos países acelerem para obter entendimentos claros, tomem medidas práticas e ajam de acordo com os ditames de nossos interesses comuns e não os interesses dos outros”.

O novo governo dos EUA, disse ele, concentrará seus esforços em desacelerar o crescimento econômico e tecnológico chinês, observando que Washington sabe que a economia chinesa será a maior do mundo em 2028.

LEIA: Arábia Saudita vai vender 1% de participação na gigante do petróleo Aramco para empresa global de energia

Categorias
Ásia & AméricasCatarCCGChinaEstados UnidosNotíciaOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Show Comments