Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Conselheiro de Segurança Nacional do Iraque discute retirada dos EUA no Irã

Ministro do Interior do Iraque Qassem al-Araji durante coletiva de imprensa na cidade de Kirkuk, norte do país, em 22 de outubro de 2017 [Marwan Ibrahim/AFP via Getty Images]

O Conselheiro de Segurança Nacional do Iraque Qassem Al-Araji chegou ao Irã para debater a retirada das forças dos Estados Unidos de seu país, reportou o website Al-Araby Al-Jadeed.

Um oficial iraquiano relatou ao site que Al-Araji reuniu-se em Teerã com o Secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã, Ali Shamkhani, e discutiu os resultados da terceira rodada de negociações entre Bagdá e Washington, concluída na última semana.

Segundo a fonte, representantes iranianos expressaram receios sobre a falta de compromisso dos Estados Unidos em retirar suas tropas do território iraquiano.

Desta forma, conforme o relato, o premiê iraquiano Mustafa Al-Kadhimi solicitou a Al-Araj que visitasse Teerã para esclarecer a situação, em meio a preocupações de que interesses americanos possam tornar-se alvo de eventuais ataques no Iraque.

LEIA: Nenhum cronograma foi definido para a retirada das tropas do Iraque, diz Pentágono

Al-Araji também encontrou-se com Ismail Qaani, comandante das Forças al-Quds, unidade de elite da Guarda Revolucionária do Irã, entre outros oficiais.

Representantes iraquianos e americanos reuniram-se na última quarta-feira (7) e decidiram limitar o papel das forças estrangeiras no país árabe a atividades de treinamento e assessoria, além do apoio na preparação das eleições antecipadas, previstas para 10 de outubro.

Em 2020, Bagdá aprovou a expulsão das tropas estrangeiras do país, após um ataque a drone americano resultar na morte do então comandante das Forças al-Quds, Qassem Soleimani, e do líder das Forças de Mobilização Popular do Iraque, Abu Mahdi al-Muhandis, em 3 de janeiro.

Categorias
Estados UnidosIrãIraqueNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments