Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Dezenas de apelos são feitos contra candidatos às eleições parlamentares na Palestina

Ex-oficial palestino sênior do Fatah Muhammed Dahlan, em 16 de setembro de 2015. [STR/AFP/Getty Images]
Ex-oficial palestino sênior do Fatah Muhammed Dahlan, em 16 de setembro de 2015. [STR/AFP/Getty Images]

A Comissão Eleitoral Central está examinando dezenas de apelações contra candidatos às eleições parlamentares, incluindo o chefe da lista registrada pelo líder demitido do Fatah, Mohammed Dahlan.

De acordo com fontes da Comissão Central de Eleições, alguns apelos estão relacionados a questões administrativas, como submeter as listas à comissão sem fornecer cartas de demissão de empregos do governo ou de ONGs para os candidatos.

Muitos dos apelos foram feitos pela Fatah, cujo porta-voz Munir Al-Jaghoub reiterou que isso faz parte dos procedimentos democráticos que acompanham as eleições.

No entanto, embora o Fatah e o Hamas tenham concordado na última reunião realizada no Cairo que não irão apelar uns contra os outros candidatos, o Fatah apelou contra os candidatos do Hamas.

Ativistas e membros de listas independentes apelaram contra Sameer Al-Mashharawi, o chefe da lista de Dahlan, por seu envolvimento em causar o caos em Gaza após a vitória do Hamas em 2006 nas eleições parlamentares.

Outros ativistas apelaram contra a lista em si, pois ela representa Dahlan, alegando que Dahlan, que supostamente esteve envolvido na morte do falecido líder da Fatah e da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Yasser Arafat, não deveria entrar no parlamento palestino.

LEIA: ‘Não haverá eleições sem Jerusalém’, alerta Hamas

Categorias
Eleições PalestinasNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments