Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Assad, da Síria, diz que comerciantes que lucram com a queda da moeda serão punidos

Presidente sírio Bashar Al-Assad em Damasco, Síria em 11 de fevereiro de 2016 [Joseph Eid/ AFP/ Getty Images]
Presidente sírio Bashar Al-Assad em Damasco, Síria em 11 de fevereiro de 2016 [Joseph Eid/ AFP/ Getty Images]

O presidente sírio, Bashar al-Assad, disse na terça-feira que os comerciantes que lucram com o colapso da libra síria, que atingiu seu ponto mais baixo neste mês, seriam punidos.

Assad está arruinando a economia da Síria? - charge [Sabaaneh/ Monitor do Oriente Médio]

Assad está arruinando a economia da Síria? – charge [Sabaaneh/ Monitor do Oriente Médio]

A queda da moeda, que se recuperou um pouco desde que atingiu 4.000 por dólar dos EUA, aumentou a inflação. Os sírios têm lutado para comprar comida e energia.

Em um vídeo compartilhado por seu escritório, Assad falou sobre uma batalha que exige que os sírios apoiem ​​o estado e disse que os comerciantes não poderiam justificar a mudança de preços em poucas horas.

“Não é menos importante do que a batalha militar … Se o cidadão não apoiar as instituições do Estado nesta guerra, as instituições perderão”, disse ele em uma reunião de ministros.

“Qualquer comerciante que se beneficia agora é um ladrão”, disse ele. “É imperativo que intervenhamos, e com força.”

Enquanto Damasco recuperou grande parte da Síria dos insurgentes com a ajuda da Rússia e do Irã, a economia foi devastada por 10 anos de guerra, endurecimento das sanções dos EUA e colapso financeiro no vizinho Líbano.

LEIA: País pode afundar como o Titanic, diz presidente do Parlamento do Líbano

Categorias
LíbanoNotíciaOriente MédioSíria
Show Comments
Show Comments