Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

País pode afundar como o Titanic, diz presidente do Parlamento do Líbano

O presidente do Parlamento libanês Nabih Berri, em 1 de abril de 2019. [Haidar Hamdani/AFP via Getty Images]
O presidente do Parlamento libanês Nabih Berri, em 1 de abril de 2019. [Haidar Hamdani/AFP via Getty Images]

O presidente do Parlamento libanês, Nabih Berri, avisou ontem que o país afundará como o Titanic se um governo não for formado logo.

“O país inteiro está em perigo, o país inteiro é o Titanic”, disse Berri durante uma sessão parlamentar realizada para aprovar um fundo de emergência para eletricidade.

“É hora de todos acordarmos, porque, no final, se o navio afundar, não sobrará ninguém”, acrescentou.

LEIA: Centenas protestam contra as péssimas condições de vida no Líbano

Na segunda-feira passada, o primeiro-ministro designado, Saad Hariri, e o presidente, Michel Aoun, anunciaram que eles falharam em chegar a um acordo sobre a formação de um gabinete.

Os protestos aumentaram no Líbano nas últimas semanas em meio ao agravamento da crise política e à deterioração das condições econômicas, as piores desde o fim da guerra civil em 1990.

O Líbano é uma longa história de desastre e crise. [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]

O Líbano é uma longa história de desastre e crise. [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]

Categorias
LíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments