Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Colonos israelenses ameaçam matar motoristas de ônibus palestinos na Cisjordânia ocupada

Um motorista de ônibus palestino usa máscara protetora em meio a temores de disseminação do coronavírus, na Cisjordânia, em 7 de março de 2020. [Hazem Bader/AFP/Getty Images]
Um motorista de ônibus palestino usa máscara protetora em meio a temores de disseminação do coronavírus, na Cisjordânia, em 7 de março de 2020. [Hazem Bader/AFP/Getty Images]

Os colonos israelenses pediram o assassinato de motoristas de ônibus palestinos na Cisjordânia ocupada, informou o Times of Israel. Pichações racistas com os dizeres “Mate os motoristas árabes” foram espalhadas em Modi’in Illit, o maior assentamento ilegal nos territórios palestinos ocupados.

Outro grafite alertou que “o dano não vai parar” até que a empresa israelense Kavim Bus Company pare de empregar árabes. A palavra “vingança” também foi espalhada na traseira de um ônibus. O exército israelense afirma ter iniciado uma investigação sobre o graffiti.

“A escrita na parede está mais clara do que nunca”, disse Kavim. “Não está longe o dia em que os motoristas serão prejudicados, e não importa de que setor eles são.”

A empresa destacou que a responsabilidade pela segurança dos motoristas e passageiros é de todas as partes “relevantes”. “É hora de ver uma mudança em toda a questão da informação, fiscalização e punição para que os motoristas não fiquem na vanguarda sem a proteção adequada.”

LEIA: Palestina grávida sofre aborto espontâneo após ataque israelense com gás lacrimogêneo

Ataques de colonos contra palestinos se tornaram comuns na Cisjordânia, com os colonos muitas vezes jogando pedras, vandalizando propriedades e destruindo oliveiras pertencentes à população indígena.

Os assentamentos israelenses abrigam cerca de 600.000 colonos judeus em toda a Cisjordânia. Os assentamentos (e os colonos) são ilegais segundo o direito internacional e foram descritos como “os principais obstáculos à paz”, visto que foram construídos em terras palestinas roubadas.

Apesar disso, as autoridades israelenses avançaram com planos para milhares de novos assentamentos nas últimas semanas e meses.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments