Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito renova estado de emergência pela 15ª vez

O presidente egípcio, Abdel Fattah Al-Sisi, em Berlim, Alemanha, em 18 de novembro de 2019. [ODD Andersen/AFP/Getty Images]
O presidente egípcio, Abdel Fattah Al-Sisi, em Berlim, Alemanha, em 18 de novembro de 2019. [ODD Andersen/AFP/Getty Images]

O parlamento egípcio aprovou na última quinta-feira (21) um decreto presidencial para renovar o estado de emergência em todo o país por mais três meses, informou a agência estatal de notícias do Oriente Médio.

Essa é a décima quinta vez que a Câmara dos Representantes aprova a renovação desde que o estado de emergência foi imposto em abril de 2017. O decreto do presidente Abdel Fattah Al-Sisi entra em vigor no domingo.

O estado de emergência foi declarado pela primeira vez “para enfrentar os perigos do terrorismo e seu financiamento” após dois ataques terroristas a duas igrejas no norte do Egito, que mataram 45 pessoas. O grupo terrorista Daesh assumiu a responsabilidade pelos ataques na época.

O estado de emergência permite que as autoridades egípcias evacuem áreas, imponham toques de recolher e adotem medidas de segurança rígidas. Também permite que os órgãos de segurança do estado prendam aqueles que violarem as medidas.

LEIA: Déficit comercial do Egito atinge US$38.3 bilhões em 2020

Categorias
ÁfricaEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments