Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Líbano fecha acordo para obter 2.1 milhões de doses da vacina Pfizer

Profissional de saúde prepara a primeira dose da vacina Coronavac, contra o covid-19, após autorização do uso emergencial na Turquia, em 15 de janeiro de 2021 [Halil Sagirkaya/Agência Anadolu]
Profissional de saúde prepara a primeira dose da vacina Coronavac, contra o covid-19, após autorização do uso emergencial na Turquia, em 15 de janeiro de 2021 [Halil Sagirkaya/Agência Anadolu]

O Ministério da Saúde do Líbano fechou um acordo neste domingo (17) para assegurar 2.1 milhões de doses da vacina contra o coronavírus fabricada pelo laboratório britânico Pfizer, em parceria com a empresa alemã BioNTech, segundo informações da Reuters.

As vacinas devem chegar em lotes a partir de fevereiro, declarou o ministério, em nota. O governo em exercício no país também busca parceria público-privada para obter 2 milhões de doses dos laboratórios Astrazeneca e Sinopharm.

O Líbano está sob lockdown de três semanas, previsto para terminar em 1° de fevereiro, e rigoroso toque de recolher de 24 horas até 25 de janeiro, após grave aumento nos índices de contágio, devido ao relaxamento da contenção no período de Natal e Ano Novo.

Além dos esforços supracitados, o Líbano assinou ainda um acordo para obter 2.7 milhões de doses entregues via Covax, iniciativa global com apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS) para imunizar a população de países pobres.

LEIA: Pfizer atrasa entrega de vacina ao Bahrein

Categorias
CoronavírusLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments