Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Pompeo encontra-se com líder cristão na Turquia, embora sem agenda oficial

Secretário de Estado dos Estados Unidos Mike Pompeo em 24 agosto de 2020 [Debbie Hill/AFP/Getty Images]
Secretário de Estado dos Estados Unidos Mike Pompeo em 24 agosto de 2020 [Debbie Hill/AFP/Getty Images]

O Secretário de Estado dos Estados Unidos Mike Pompeo encontrou-se ontem (17) com o Patriarca Ecumênico Bartolomeu I, líder espiritual dos cristãos ortodoxos em âmbito global, durante breve viagem a Istambul, Turquia, apesar de não possuir qualquer compromisso com oficiais turcos.

As informações são da rede Associated Press (AP).

Pompeo está em turnê de sete dias na Europa e Oriente Médio, mas arranjou espaço em sua agenda para reunir-se com o líder religioso de cerca de 300 milhões de cristãos ortodoxos. Foi então apresentado às instalações do Patriarcado.

Pompeo compartilhou fotos do encontro em sua página do Twitter, ao declarar: “Honrado de conhecer Vossa Santidade … e visitar a Igreja de São Jorge. Como líder do mundo ortodoxo, o Patriarcado Ecumênico é parceiro fundamental para continuarmos a defender as liberdades religiosas em todo o globo”.

LEIA: As garras do anjo sobre o Oriente Médio

Secretário de Estado dos EUA Mike Pompeo encontra-se com o Patriarca Bartolomeu I

Pompeo alegou ainda que os Estados Unidos lideram o mundo na resposta sobre a crise humanitária decorrente do conflito entre Azerbaijão e Armênia, sobre o território disputado de Nagorno-Karabakh. O governo turco de Recep Tayyip Erdogan apoia o lado azeri.

“Hoje, anunciamos ajuda às pessoas afetadas pelo conflito em Nagorno-Karabakh. Exortamos Armênia e Azerbaijão a retomar os esforços em parceria com o Grupo de Minsk, para chegar a uma solução duradoura”, comentou Pompeo.

‘Quando ocorrem desastres humanitários, os EUA lideram o mundo’, alegou Pompeo

Ao desembarcar na Turquia, o representante do governo do Presidente dos Estados Unidos Donald Trump foi recebido com protestos.

LEIA: Conselho religioso saudita acusa Irmandade Muçulmana de desestabilizar a região

Categorias
Ásia & AméricasEUAEuropa & RússiaNotíciaTurquia
Show Comments
Show Comments