Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Abbas recusa ligação de Pompeo

Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em coletiva de imprensa no Tribunal Penal Internacional,, conjunta com o procurador-geral dos EUA William Barr, no Departamento de Estado de Washington, DC, em 11 de junho de 2020 [Yuri Gripas/ AFP via Getty Imagens]
Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em coletiva de imprensa no Tribunal Penal Internacional,, conjunta com o procurador-geral dos EUA William Barr, no Departamento de Estado de Washington, DC, em 11 de junho de 2020 [Yuri Gripas/ AFP via Getty Imagens]

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, teria se recusado a aceitar um telefonema do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, para discutir o plano de anexação de Israel, informou a Rádio Geral de Israel neste domingo.

De acordo com Al Quds Al Araby, a chamada pretendida ocorreu em meio às discussões entre EUA e Israel sobre a anexação das terras palestinas ocupadas.

Segundo o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, o processo de anexação começará em 1º de julho. A estação de rádio israelense disse que Abbas rejeitou a ligação após intensificar os contatos para organizá-la.

As autoridades palestinas teriam enviado mensagens a Israel dizendo que a Autoridade Palestina preparou um inventário de armas e munições para entregar ao estado de ocupação, junto com toda a responsabilidade pela segurança na Cisjordânia ocupada.

Al Quds Al Araby também observou que a Rádio Geral espera que a OLP anuncie a dissolução da AP e do governo palestino.

Os comentaristas se perguntam se as ameaças para acabar com a coordenação de segurança com Israel e dissolver a AP são reais, ou apenas jogos de palavras para convencer Israel a abandonar seu plano de anexação.

LEIA: Cooperação de segurança com Israel continua, dizem fontes da AP a jornal israelense

Categorias
Ásia & AméricasEUAIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments