Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Cada vez mais próxima de Israel, Honduras nomeará o Hezbollah como terrorista e pretende transferir embaixada para Jerusalém

Presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, na Conferência sobre Prosperidade e Segurança na América Central, Miami, Flórida, EUA. Em 15 de junho de 2017. [Residencia de El Salvador]

Em uma sequencia de tuítes nesta segunda-feira (20), o presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, disse que que irá classificar oficialmente o Hezbolah como uma organização terrorista.

“Amanhã, coincidindo com a terceira conferência ministerial de contraterrorismo do Hemisfério Ocidental, o Conselho Nacional de Defesa e Segurança de Honduras designará o Hezbollah como uma organização terrorista … o culminar de políticas de segurança expressas ao longo de vários anos”, tuitou Hernández.

Nas postagens, Hernández reproduz um vídeo de sua participação no conselho Israel América, em em dezembro de 2019, lembrando atentados da década de 90 contra alvos israelenses em Buenos Aires, atribuídos ao Hezbollah e ao Irã. Ao classificar a organização como terrorista, Hernandes segue os exemplos americanos dos Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Guatemala e , recentemente, da Argentina

O embaixador de Israel nas Nações Unidas, Danny Danon, agradeceu a Hernández pelo Twitter, dizendo que “um passo importante na luta contra o terrorismo e procuradores iranianos no Oriente Médio e em todo o mundo”.

Este é mais um gesto na aproximação do presidente hondurenho com Israel. Em setembro do ano passado, Honduras abriu um escritório comercial em Jerusalém ilegalmente ocupada. Hernández promete transferir também sua embaixada este ano.

Categorias
Ásia & AméricasHondurasIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments