Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Governo brasileiro promete abrir um escritório de comércio com Israel em Jerusalém

Primeiro-Ministro de Israel Benjamin Netanyahu encontra-se com Jair Bolsonaro, então presidente eleito do Brasil, no Rio de Janeiro, Brasil, 28 de dezembro de 2018 [Leo Correa/AFP/Getty Images]

Oficiais israelenses corroboraram a informação de que o governo do Brasil comprometeu-se a abrir uma missão de comércio com Israel, sem qualquer representação diplomática, na cidade de Jerusalém ainda neste mês de dezembro, conforme divulgado nesta segunda-feira (2) pelo jornal Times of Israel.

O periódico israelense reiterou que a missão de comércio não terá status diplomático e que seus empregados não serão representantes das relações internacionais entre os dois países.

Espera-se que Eduardo Bolsonaro, deputado federal por São Paulo e filho do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, visite Israel assim que possível e encontre-se com oficiais israelenses do alto escalão do governo, como o Primeiro-Ministro Benjamin Netanyahu, o Presidente Reuven Rivlin e o Presidente do Knesset (parlamento israelense) Yuli Edelstein, entre outros representantes políticos.

Às vésperas de sua eleição, em 2018, Jair Bolsonaro prometeu transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv a Jerusalém. Entretanto, teve de recuar.

Em entrevista ao jornal Times of Israel, Modi Ephraim, chefe da Divisão da América Latina do Ministério de Relações Internacionais de Israel, declarou: “As boas relações entre Israel e Brasil serão enfatizadas pela visita porvir de uma delegação do comitê de assuntos internacionais do congresso brasileiro, liderada por Eduardo Bolsonaro, filho do presidente [Jair Bolsonaro].”

Categorias
Ásia & AméricasBrasilIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments