Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Bolívia restabelecerá relações diplomáticas com Israel após dez anos de disputa

Karen Longaric, ministra interina de relações internacionais da Bolívia, em 27 de novembro de 2019 [Twitter]

A Bolívia retomará as relações com Israel, anunciou ontem (28) Karen Longaric, ministra interina da pasta de relações internacionais para o governo provisório do país.

Ao conversar com a imprensa internacional, Longaric – que assumiu o cargo interinamente em 14 de novembro após a renúncia do ex-presidente boliviano Evo Morales e a deposição de seu governo – declarou: “Estamos restaurando as relações com Israel.”

Em janeiro de 2009, a Bolívia sob o governo de Morales rompeu relações diplomáticas com Israel, o primeiro país a fazê-lo, em resposta à guerra israelense que destruiu grande parte da Faixa de Gaza, entre 2008 e 2009, conhecida como “Operação Chumbo Fundido”, na qual centenas de palestinos foram mortos.

Morales também afirmou na ocasião que entraria com um pedido no Tribunal Penal Internacional (TPI) para que indiciasse oficiais israelenses por crime de genocídio. O então presidente boliviano também foi responsável por cancelar um acordo de trinta anos sob o qual israelenses poderiam visitar a Bolívia sem necessidade de visto.

Em 2010, Morales reconheceu oficialmente a Palestina como um estado independente e soberano conforme as fronteiras de 1967. Tornou-se um dos mais ativos críticos de Israel durante outra guerra contra Gaza, em 2014, quando declarou Israel como “estado terrorista”.

Após disputas recentes sobre o processo e o resultado das eleições nacionais na Bolívia, Morales buscou asilo no México.

Sem conceder detalhes ou sequer uma data para implementação da medida, Longaric declarou que os laços diplomáticos com Israel serão retomados “em respeito à soberania do estado e à cordialidade.” Afirmou também que “as relações podem levar a resultados positivos para ambos os lados, além de contribuir para o turismo boliviano.”

Em declaração emitida ainda ontem, Israel Katz – Ministro de Relações Internacionais de Israel – acolheu e agradeceu a medida, segundo informações do jornal israelense Haaretz.

Em sua página do Twitter, Katz reiterou o anúncio: “Conversei com a ministra boliviana Karen Longaric e concordamos em retomar relações diplomáticas e promover a cooperação em agricultura, tecnologia e inovação. Este é um momento empolgante para mim, pois contribuirá para fortalecer nossas relações internacionais.”

Israel Katz afirmou também que seu ministério “trabalhou ativamente por um longo período para promover a retomada das relações, com ajuda intensiva do presidente brasileiro [Jair Bolsonaro] e seu ministro de relações exteriores [Ernesto Araújo].”

O ministro israelense ainda destacou: “A saída do Presidente Morales, que era hostil a Israel, e sua substituição por um governo que nos é amigável, permite a fruição deste processo.”

Categorias
Ásia & AméricasBolíviaIsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments