Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel mata mais um palestino na Cisjordânia ocupada

Forças israelenses em Beit Dajan, na região de Nablus, na Cisjordânia ocupada, 2 de dezembro de 2022. [Nedal Eshtayah/Agência Anadolu]
Forças israelenses em Beit Dajan, na região de Nablus, na Cisjordânia ocupada, 2 de dezembro de 2022. [Nedal Eshtayah/Agência Anadolu]

Forças de Israel mataram a tiros um rapaz palestino na manhã desta segunda-feira (5) e feriram outros seis residentes árabes, no campo de refugiados de Dheisheh, ao sul da cidade de Belém, na Cisjordânia ocupada.

Segundo fontes de segurança palestinas, soldados pesadamente armados invadiram o campo e reviraram casas, incitando protestos dos moradores. As tropas sionistas abriram fogo contra os jovens manifestantes – Omar Manna, de 22 anos, foi morto com um tiro no peito.

Outros seis foram feridos nas pernas e transferidos às pressas a um hospital próximo, conforme relato da agência de notícias Wafa.

Quatro palestinos foram presos durante a incursão militar da ocupação; entre os quais, o irmão de Manna.

Estimativas oficiais do Ministério da Saúde da Autoridade Palestina (AP) mostram que ao menos 212 palestinos foram assassinados por Israel desde janeiro de 2022 na Cisjordânia ocupada e na Faixa de Gaza sitiada.

 LEIA: Palestinos condenam execução israelense a sangue frio de rapaz em Nablus

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments