Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Soldados israelenses ferem 11 palestinos em manifestação contra assentamentos ilegais

1
Palestinos protestam contra assentamentos judaicos, na aldeia Qafr Qaddum de Nablus, Cisjordânia, em 10 de junho de 2022. Manifestantes queimaram pneus e jogaram pedras após repressão das forças israelenses [Nedal Eshtayah/Agência Anadolu ]

Pelo menos 11 palestinos ficaram feridos na sexta-feira quando as forças israelenses abriram fogo para dispersar uma manifestação anti-assentamentos no norte da Cisjordânia ocupada, informou a Agência de Notícias Anadolu.

Em Kafr Qaddoum, a leste da cidade de Qalqilya, 10 palestinos foram feridos por balas de borracha, enquanto um adolescente foi atingido por uma bala real durante um confronto com o exército israelense, segundo um comunicado do ativista Murad Shteiwi.

A mídia local também relatou dois outros comícios na vila de Beit Dajan e na cidade de Beita, perto da cidade de Nablus, onde dezenas foram tratadas por inalar gás lacrimogêneo disparado pelas forças israelenses.

Palestinos realizam manifestações semanais contra assentamentos judaicos ilegais em diferentes partes da Cisjordânia, especialmente nas aldeias de Beita, Beit Dajan e Kafr Qaddoum.

Estimativas israelenses e palestinas indicam que há cerca de 650.000 colonos vivendo em 164 assentamentos e 116 postos avançados na Cisjordânia, inclusive na Jerusalém ocupada.

Sob a lei internacional, todos os assentamentos judaicos em territórios ocupados são considerados ilegais.

LEIA: Colonos israelenses formam ‘milícia’ na Cisjordânia ocupada

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments