Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel volta a prender palestino que já fez 141 dias de greve de fome por prisão injusta

Apoiadores e parentes de prisioneiro palestino em greve de fome Comício de Hisham Abu Hawash em sua vila de Dura, a oeste de Hebron, na Cisjordânia ocupada, em 2 de janeiro de 2022 [Hazem Bader/AFP via Getty Images]

As forças de ocupação israelenses prenderam novamente o ex-detento, Hisham Abu Hawash, durante uma campanha de detenção em massa na noite passada em várias cidades e vilas em toda a Cisjordânia ocupada.

Segundo o Times of Israel, Abu Hawash estava entre os 13 palestinos presos sob o pretexto de serem procurados pelas forças israelenses.

As incursões noturnas do exército israelense são uma prática quase diária na Cisjordânia ocupada. Israel afirma que eles são essenciais para fins de inteligência, mas grupos de direitos humanos criticam a prática, insistindo que o objetivo é oprimir e intimidar a população palestina e aumentar o controle do Estado.

Assim como os postos de controle militares e o Muro da Separação ilegal, insistem os críticos, os ataques fazem parte do DNA do Estado do Apartheid.

Pai de cinco filhos, Abu Hawash, 40, da cidade de Dura, a oeste da cidade de Hebron, no sul da Cisjordânia, foi preso em outubro de 2020 e entrou em greve de fome por 141 dias em protesto por estar sob detenção administrativa – sem acusação ou tentativas.

Durante sua detenção, ele foi hospitalizado, mas recusou tratamento médico. Após dias de protestos de palestinos pedindo sua libertação e temores crescentes em Israel de uma agitação generalizada se ele morresse sob custódia, o governo israelense cedeu em 5 de janeiro e concordou em libertá-lo em fevereiro. Ele então encerrou sua greve de fome.

Israel detém cerca de 4.500 palestinos, incluindo cerca de 500 prisioneiros em detenção administrativa, um procedimento israelense que permite que as autoridades israelenses mantenham uma pessoa sem acusação por períodos renováveis ​​de seis meses.

LEIA: Prisioneiro palestino Hisham Abu Hawash contraiu covid-19 em hospital israelense

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments