Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Refugiados de Nahr Al-Bared protestam na sede da UNRWA

1
Meninos se divertem no playground do centro infantil e juvenil Azahir em Nahr Al-Bared [Ferdous Al-Audhali/Monitor do Oriente Médio]

Vários refugiados palestinos do Campo de Refugiados de Nahr Al-Bared, no norte do Líbano, iniciaram um protesto sem data para acabar na quinta-feira, na sede da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina  (UNRWA).

Os refugiados pediram à UNRWA que pagasse imediatamente o aluguel e exigiam um encontro com o diretor da UNRWA, as famílias também   aumento do pagamento mensal para o aluguel das famílias cujas casas foram destruídas em 2007.

Entre 2007, quando as casas dos refugiados foram destruídas, e 2014, quando a UNRWA começou a enfrentar déficits orçamentários, a organização pagou US$ 150 por mês para pagamentos de aluguel.

A perseguição do exército libanês por membros do Fatah em 2007 levou à perda das casas e propriedades dos refugiados palestinos. Mais de 27.000 refugiados palestinos foram forçados a abandonar suas casas.

O complexo da UNRWA que abriga o centro de saúde da agência, escolas e escritório de ajuda também foi destruído.

Mais de uma década depois, grande parte da comunidade permanece desenraizada e continua a depender fortemente da assistência, que foi cortada pela metade pela UNRWA.

O chefe da Unidade de Reconstrução, Thomas White, disse aos refugiados em maio que a UNRWA planejava concluir 85% da reconstrução das casas até o final de 2023.

LEIA: China doa US$ 1 milhão à UNRWA para educação palestina

Categorias
IsraelLíbanoNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments