Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel ataca alvos do Irã perto de bases militares da Rússia

Fumaça e fogo são vistos em Damasco à distância após ataque aéreo de Israel. Em Damasco, Síria, em 20 de novembro de 2019 [AFP/Images] [AFP/Imagens]

Israel atingiu alvos iranianos em uma série de ataques ontem perto da região ancestral do presidente sírio, Bashar Al-Assad, e perto das principais bases sírias da Rússia na costa do Mediterrâneo, disseram fontes de inteligência regional e militares sírias, informou a Reuters.

O Exército sírio disse anteriormente que três militares foram mortos e três ficaram feridos em dois ataques israelenses simultâneos ao sul da província de Tartous e outro na capital, Damasco. Ele não deu detalhes sobre os locais específicos.

Os ataques na periferia nordeste de Damasco atingiram postos avançados administrados pelo grupo libanês pró-iraniano Hezbollah, disseram dois desertores militares sírios familiarizados com a região.

Um oficial do exército sírio na região costeira de Tartous disse à Reuters sob condição de anonimato que uma base iraniana perto da vila de Abu Afsa, ao sul da cidade portuária, foi atacada ao lado de uma estação de defesa aérea e radar nas proximidades.

LEIA: Mulher israelense acusada de espionar por Teerã tenta suicídio

Israel realizou centenas de ataques contra supostos alvos iranianos nos últimos anos, mas evitou principalmente atingir as províncias costeiras onde estão concentrados os principais ativos militares da Rússia.

Os últimos ataques são parte de uma escalada do que tem sido um conflito de baixa intensidade, cujo objetivo era desacelerar o crescente entrincheiramento do Irã na Síria, dizem especialistas militares israelenses e regionais.

Os ataques aconteceram perto da única base mediterrânea da marinha russa no porto de Tartous, onde os navios de guerra russos estão ancorados, enquanto a principal base aérea de Hmeimim, em Moscou, também fica na província vizinha de Latakia.

A intervenção da Rússia ao lado do Irã ajudou a virar a maré a favor de Al-Assad em um conflito de mais de uma década.

As áreas costeiras são habitadas principalmente pela seita minoritária alauíta de Al-Assad, que domina os escalões mais altos do poder na força de segurança e no exército.

As forças russas na Síria regularmente fecham os olhos aos ataques aéreos israelenses contra suspeitos de desdobramentos e transferências de armas patrocinados pelo Irã.

Mas as tensões aumentaram entre Israel e a Rússia após o estado de ocupação ter condenado a guerra na Ucrânia e a restrição  russa a uma agência de emigração judaica.

Israel disse no mês passado que seus jatos militares ficaram sob fogo antiaéreo russo sobre a Síria em maio, mas erraram o alvo, descrevendo o confronto como um “incidente único”.

A Síria culpou Israel por grandes ataques em seu principal aeroporto internacional em Damasco em junho passado, que danificaram fortemente as pistas e forçaram a paralisação dos voos por várias semanas.

Autoridades de defesa israelenses dizem que o aeroporto civil tem sido usado regularmente pelo Irã para transportar armas e milícias.

Categorias
Europa & RússiaIrãIsraelNotíciaOriente MédioRússia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments