Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Projeto espacial Teerã-Moscou pode afetar espionagem, receia Israel

Irã admite preparativos para lançar novo satélite ao espaço [@Maxar/Twitter]
Irã admite preparativos para lançar novo satélite ao espaço [@Maxar/Twitter]

O mais recente projeto de colaboração espacial russo-iraniano pode conceder a Teerã a capacidade de lançar mísseis balísticos intercontinentais carregados de ogivas atômicas, afirmaram oficiais israelenses segundo o jornal The Jerusalem Post.

Tel Aviv crê que a parceria pode auxiliar a república islâmica a rastrear alvos na região e reduzir a capacidade de penetração e espionagem do Mossad em suas fronteiras. Israel alega conduzir operações para monitorar o progresso nuclear iraniano.

Na terça-feira (9), a Rússia lançou um satélite iraniano à órbita da Terra, confirmou a agência Reuters. O satélite Khayyan foi disparado aos céus por meio de um foguete Soyuz, a partir do Cosmódromo de Baikonur, no sul do Cazaquistão. A operação obteve êxito, afirmou Moscou.

Os Estados Unidos criticaram os esforços, ao descrever a cooperação cada vez maior entre Rússia e Irã como “profunda ameaça”.

A agência espacial iraniana informou que o objetivo do satélite é monitorar as fronteiras de seu território, aprimorar a produção agrária, colher dados de recursos hídricos e administrar o risco de desastres naturais.

LEIA: Como a América Latina reagiu ao último massacre israelense contra Gaza?

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments