Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Grupos de direitos humanos condenam ataques de Israel a Gaza

Forças israelenses atacaram em Gaza [Mohammed Asad/Monitor do Oriente Médio]

Dois grupos de direitos humanos condenaram na sexta-feira (5) a agressão israelense em andamento a Gaza e o assassinato de palestinos, incluindo uma mulher e uma criança, informou a Agência Anadolu .

A Campanha de Solidariedade à Palestina (PSC) postou no Twitter: “Israel está bombardeando Gaza novamente. Gaza está sob cerco ilegal há quinze anos – criando condições desumanas para os habitantes, mais da metade dos quais são crianças”.

O PSC descreveu o bombardeio israelense de Gaza como “bárbaro” e reiterou que é uma “violação da lei internacional”. O PSC culpou o Reino Unido, que não impõe sanções a Israel, mas aprova regularmente tecnologia militar e exportações de armas para ele.

LEIA: Cerco israelense ameaça fechar única usina da Faixa de Gaza

Enquanto isso, a Defense for Children International acusou Israel de atacar: “Áreas civis densamente povoadas com completo desrespeito às leis internacionais”.

No Twitter , a Defense for Children International compartilhou que Alaa Qaddoum, de cinco anos, foi morto nos primeiros ataques israelenses em Gaza na sexta-feira.

LEIA: Dez mortos, incluindo uma menina de 5 anos em bombardeio israelense em Gaza

Desde a tarde de sexta-feira, o exército de ocupação israelense bombardeou Gaza, matando 11 pessoas, incluindo Alaa, uma menia de 5 anos e uma mulher de 23 anos, e ferindo outras 80.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments