Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Arábia Saudita suspende embargo não-oficial contra Turquia

A Arábia Saudita suspendeu seu embargo não-oficial a bens e produtos da Turquia.

A Arábia Saudita suspendeu seu embargo não-oficial a bens e produtos da Turquia.

Recentemente, a liderança de ambos os países conduziu esforços de reconciliação, após anos de deterioração nas relações diplomáticas.

Em um evento de negócios, realizado por ambos os regimes, o Ministro do Comércio da Arábia Saudita Majid Bin Abdullah al-Qasabi confirmou suspender as restrições aduaneiras impostas à importação de produtos da Turquia, a partir de quinta-feira (23).

“Vamos junto estabelecer um novo começo e irmos adiante, ao reunir empresários turcos e sauditas em um fórum colaborativo”, prometeu o ministro.

Em 2020, a Arábia Saudita instituiu um boicote discreto e oficioso contra a Turquia, ao impedir caminhões de produtos turcos de entrarem no reino e constranger empresários locais a cortar relações comerciais e retirar investimentos do então adversário regional.

O boicote emanou sobretudo de disputas geopolíticas entre as partes: Turquia e Arábia Saudita apoiam lados opostos na Líbia e em outros países da região e divergem sobre a legitimidade do governo do Egito, instaurado no país após o golpe militar de 2013.

Ancara pede ainda justiça pelo assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi, dentro do consulado da monarquia em Istambul, em outubro de 2018. Conforme provas corroboradas pela presidência turca, Mohammed bin Salman, príncipe herdeiro e governante saudita, foi quem ordenou a execução do repórter.

Porém, após conversas reconciliatórias e a entrega do caso de Khashoggi ao judiciário saudita — em 2021 e abril deste ano, respectivamente — ambos os países reformularam sua relação. Nesta semana, bin Salman visitou Ancara e reuniu-se com o presidente Recep Tayyip Erdogan.

Embora a Arábia Saudita não seja um mercado majoritário da Turquia, o embargo culminou em redução de 92% nas exportações à monarquia. Além de avanços políticos, a reconciliação busca retomar o relacionamento comercial para restaurar a economia turca.

Durante o evento, Nail Olpak, presidente do Conselho de Economia Externa da Turquia, insistiu que seu país deseja aumentar o comércio bilateral com Riad de US$4 bilhões em 2020 a US$10 bilhões no próximo ano.

Bin Salman viajou com 35 empresários, que firmaram diversos acordos com empresas turcas. Em contrapartida, o Ministro de Investimento da Arábia Saudita Khalid al-Falih convidou tais empresas a participar de projetos da monarquia, estimados em US$3.3 trilhões.

LEIA: Turquia critica demora da União Europeia em aceitar candidaturas dos Balcãs

Categorias
Arábia SauditaEuropa & RússiaNotíciaOriente MédioTurquiaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments