Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Jogador catalão critica racismo do Ocidente: “ninguém fala sobre a Palestina!”

O atleta catalão, do Real Betis, Hector Bellerin [Hector Bellerin/Instagram]

O jogador catalão Hector Bellerin criticou o que considerou a duplicidade da reação ocidental à operação militar russa contra a Ucrânia, em comparação com questões políticas e militares muito importantes em outras regiões do mundo, especialmente na Palestina.

O atleta, que compete pelo clube de futebol Real Betis na Liga Espanhola de Futebol, foi contra a maré mundial que acompanhou as duras sanções impostas à Rússia, enquanto muitos acusavam federações esportivas internacionais de duas medidas para lidar com a guerra. A decisão de privar a Rússia de disputar a partida das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2022 no Catar, por causa de sua operação militar na Ucrânia, não foi aceita por Bellerin, que indicou em suas declarações que há muitas regiões do mundo experimentando conflitos sangrentos que não receberam a mesma atenção.

“A Rússia não participará da Copa do Mundo por causa da guerra na Ucrânia, mas isso não aconteceu em outros lugares”, disse o ex-jogador do Barcelona e do Arsenal em comentários divulgados pelo jornal esportivo espanhol Marca. Bellerin perguntou: “É porque eles estão perto de nós (Ucrânia) e são mais semelhantes a nós? Vimos outras guerras, especialmente no Oriente Médio. Ninguém se importou com isso. É porque essa guerra nos afeta? É porque afeta nossa economia?”, questionou.

“Há muitas pessoas mortas nas guerras e ninguém prestou atenção a elas”, declarou o jogador.

“É difícil ver que estamos mais interessados na guerra Rússia-Ucrânia do que outros. Parece racista e muito pouco empático para mim. Vidas são perdidas em muitos países e nós só nos importamos com aqueles que estão perto de nós, ninguém falou sobre a Palestina”, registra o post no twitter sobre as palavras do atleta.

Ao jornal, ele disse que “o silêncio prevaleceu, mas a Rússia não jogará o Copa do Mundo…Devemos estar cientes e nos educar sobre os outros conflitos que estão ocorrendo ao nosso redor e quanta dor outros países estão passando, desde a violação dos direitos humanos e a perda de entes queridos e sua segurança”, escreveu Bellerin.

LEIA: Parceria entre Barcelona FC e Acnur vai ajudar crianças refugiadas

Categorias
Europa & RússiaIêmenNotíciaOriente MédioPalestinaRússia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments