Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Trabalhadora humanitária britânica-iraniana retorna hoje ao Reino Unido

Richard Ratcliffe protesta do lado de fora do Ministério das Relações Exteriores durante greve de fome, parte de um esforço para pressionar o secretário de Relações Exteriores do Reino Unido a trazer sua esposa para casa da detenção no Irã, em 25 de outubro de 2021, em Londres, Inglaterra [Dan Kitwood/Getty Images]

A trabalhadora humanitária britânica-iraniana Nazanin Zaghari-Ratcliffe foi entregue a uma equipe britânica no Aeroporto Internacional Imam Khomeini de Teerã e está deixando o Irã hoje, informou a Reuters.

O Guardian disse que a notícia foi posteriormente confirmada pela advogada de Zaghari-Ratcliffe e sua parlamentar no Reino Unido, Tulip Siddiq.

Ontem, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que as negociações sobre sua libertação estão “avançando”. Ele afirmou que uma equipe de negociação estava trabalhando na liberação da mulher de dupla nacionalidade.

A britânica-iraniana de 43 anos foi detida pelo Irã em 2016 quando estava deixando o país no aeroporto Imam Khomeini após uma visita familiar com sua filha.

Nenhum detalhe foi dado sobre as negociações, mas no mês passado surgiram relatos de que a secretária de Relações Exteriores britânica, Liz Truss, disse esperar que a Grã-Bretanha em breve esteja em posição de pagar a dívida de US$ 522 milhões vencida ao Irã. Uma mensagem que foi repetida hoje, com Truss não dizendo se um acordo já havia sido feito.

“Temos como prioridade pagar a dívida com o Irã e estamos procurando maneiras de pagá-la”, disse ela à Sky News. Acrescentou que havia uma equipe britânica no Irã.

LEIA: Suposto abuso na famosa prisão do Irã é exposto por hackers

Categorias
Europa & RússiaIrãNotíciaOriente MédioReino Unido
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments