Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ocupação de Israel fere dezenas de palestinos na Cisjordânia

Os palestinos estavam comemorando o 28º aniversário do Massacre da Mesquita Ibrahimi (também conhecido como Massacre de Hebron).

As forças de ocupação israelenses atiraram e feriram dezenas de manifestantes palestinos em várias áreas da Cisjordânia ocupada na sexta-feira, informou a Agência Anadolu.

As forças de ocupação israelenses feriram pelo menos 22 palestinos durante protestos antiocupação nas aldeias de Beita, Qaryut e Beit Dajan, nos arredores da cidade ocupada de Nablus, na Cisjordânia.

A Sociedade Palestina do Crescente Vermelho (PRCS, na sigla em inglês) informou que cinco manifestantes ficaram feridos em Beit Dajan e um em Beita.

Enquanto isso, a PRCS informou que seis manifestantes ficaram feridos quando as forças de ocupação israelenses abriram fogo e lançaram gás lacrimogêneo contra manifestantes palestinos em Qaryut.

 

De acordo com a PRCS, outros três palestinos foram feridos na repressão da ocupação israelense aos protestos antiocupação em Kafr Qaddoum, a leste de Qalqilia.

Além de atirar em manifestantes e feri-los, as forças de ocupação israelenses sequestraram o jovem palestino Mohammad Aqel, de 25 anos, o espancaram e o detiveram.

Em Hebron, dezenas de palestinos sofreram asfixia devido ao gás lacrimogêneo lançado contra eles pelas forças de ocupação israelenses enquanto marchavam para comemorar o 28º aniversário do massacre na mesquita Ibrahimi em Hebron.

Em 25 de fevereiro de 1994, o colono extremista Baruch Goldstein invadiu a Mesquita Ibrahimi durante a oração do amanhecer e abriu fogo contra os fiéis, matando 29 e ferindo mais de 100.

LEIA: Deficientes, menores de idade ou em estado crítico no hospital: o abuso de soldados de Israel não tem limites

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestinaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments