Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Governo do Líbano proíbe eventos convocados pela oposição barenita

Ministro do Interior do Líbano Bassam Mawlawi durante coletiva de imprensa em Beirute, 25 de janeiro de 2022 [ANWAR AMRO/AFP via Getty Images]

O Ministro do Interior do Líbano Bassam Mawlawi instruiu os serviços de segurança a impedir a realização de duas atividades organizadas por um grupo da oposição barenita, além de solicitar uma investigação sobre os organizadores.

Em comunicado, Mawlawi confirmou ter orientado os órgãos de segurança pública a informar o Hotel Assaha, na região de Burj al-Barajneh, em Beirute, a “cancelar imediatamente” ambos os eventos, sob o pretexto de falta de autorização para realizá-los.

Os eventos — “Direitos políticos da Revolução Barenita” e “Bahrein em opressão e treva” — estavam marcados para ocorrer nesta sexta-feira (11) e segunda-feira (14), respectivamente.

O ministro argumentou que ambas as conferências “ofenderiam as autoridades no Bahrein e nos países do Golfo”, caso prosseguissem como planejado.

LEIA: Hezbollah sedia evento da oposição saudita, apesar de reaproximação Líbano-Golfo

Mawlawi também afirmou que sua decisão está de acordo com a “iniciativa do Kuwait, segundo a qual o país prometeu respeitar medidas para impedir ofensas verbais ou por meio de ações às nações irmãs do mundo árabe”.

Em dezembro, a Sociedade Wefaq, principal grupo da oposição barenita, convocou uma coletiva de imprensa em Beirute para divulgar seu relatório anual sobre abusos de direitos humanos no estado do Golfo. Autoridades libanesas então ordenaram a deportação de cidadãos estrangeiros filiados ao grupo, criminalizado no Bahrein.

Categorias
BahreinLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments