Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Gigante dos cassinos construirá resort de luxo nos Emirados com área de jogos

O operador de hotéis e cassinos Wynn Resorts construirá um resort de luxo em Ras Al Khaimah, nos Emirados Árabes, com uma 'área de jogos'

A operadora de hotéis e cassinos Wynn Resorts construirá um resort de luxo em Ras Al Khaimah, nos Emirados Árabes, com uma “área de jogos”, disse, na terça-feira, potencialmente abrindo caminho para que os jogos de azar sejam permitidos no estado muçulmano do Golfo, relatou a Reuters.

Wynn não especificou se os jogos incluem jogos de azar, mas, em um sinal de que as regras de entretenimento podem ser afrouxadas, a Autoridade de Desenvolvimento de Turismo Ras Al Khaimah (RAKTDA, na sigla em inglês) disse, na terça-feira, que criou um novo Departamento de Entretenimento e Regulamento de Jogos para regular “resorts integrados”.

Os resorts integrados normalmente se referem a hotéis com cassinos e outras instalações de entretenimento. Em um comunicado na mídia estatal, a RAKTDA disse que uma das principais prioridades do novo órgão seria uma estrutura regulatória que assegure “a prática responsável de jogos recreativos em todos os níveis”.

O escritório de comunicações do governo de Ras Al Khaimah, a RAKTDA, a RAK Hospitality Holding e o Wynn Resorts não responderam imediatamente aos pedidos de comentários sobre se o jogo seria permitido na região.

Diplomatas disseram que os Emirados Árabes poderiam permitir isso como parte de reformas legislativas mais amplas destinadas a manter sua vantagem como centro de turismo e negócios, em meio à crescente concorrência regional.

LEIA: 1.000 israelenses chamam Dubai de lar

Dubai, tradicionalmente o emirado mais liberal dos Emirados Árabes, negou em abril os rumores de que estava concedendo licenças de jogo. A operadora de cassinos e hotéis Caesars abriu em 2018 um resort na Ilha Bluewaters de Dubai – seu primeiro projeto não relacionado a jogos de azar.

O Wynn Resort, anunciado pelas autoridades de Ras Al Khaimah e Wynn, está programado para ser concluído em 2026. Ele estará localizado em Al Marjan, uma ilha artificial na costa de Ras Al Khaimah.

“O desenvolvimento integrado, com um hotel de classe mundial, entretenimento e comodidades de jogos, será adicionado à estratégia de destino do emirado para atrair turistas de todo o mundo”, disse Abdulla Al-Abdooli, executivo-chefe da Marjan, desenvolvedora-mestre de freehold propriedade em Ras Al Khaimah em um comunicado.

Em outro afloramento de terra artificial em Dubai, chamado The Island, três hotéis de luxo da marca de Las Vegas da operadora de cassinos MGM Resorts estão sendo construídos, com conclusão prevista para 2022.

O jogo é proibido no Islã e em todos os seis estados do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC, na sigla em inglês).

Os Emirados Árabes, no ano passado, anunciaram o que chamaram de a reforma legal mais abrangente da história do estado do Golfo. As principais mudanças incluíram a descriminalização das relações sexuais antes do casamento e do consumo de álcool.

Outras mudanças recentes dos Emirados Árabes incluem a introdução de vistos de longo prazo como forma de atrair e reter talentos e incentivar mais empresas a se estabelecerem.

LEIA: Arábia Saudita, a ‘capital da droga’ do Oriente Médio

Categorias
Emirados Árabes UnidosNotíciaOriente MédioVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments