Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Hamas se distancia de gritos de palestinos contra Estados árabes

A Liga Árabe [Ahmed Al Sayed/Agência Anadolu]

O Hamas se distanciou dos gritos dos palestinos contra os estados árabes, incluindo os países do Golfo, disse um comunicado divulgado ontem.

“O Hamas afirma que esses cânticos não refletem as conhecidas posições firmes e políticas de não ingerência do movimento nos assuntos internos dos países”, disse o comunicado.

O Hamas se distancia dos conflitos e das disputas entre os Estados árabes e pede que se evite tudo o que possa perturbar a unidade árabe e prejudicar sua segurança e estabilidade.

“Buscando construir relações equilibradas em benefício, segurança e avanço de nossa Ummah, o movimento Hamas adota a política de abertura para os países do mundo, especialmente os estados árabes e islâmicos”, disse o comunicado.

Desejando que a estabilidade, segurança e harmonia prevaleçam em todas as nações árabes e islâmicas, o Hamas decidiu “adotar o caminho do diálogo em vez de lutar para proteger a Ummah e suas capacidades e fortalecer sua unidade no enfrentamento das ameaças que enfrenta”.

O Hamas reiterou que a luta palestina “é com o inimigo sionista”, de modo que está pedindo aos palestinos que evitem o envolvimento em quaisquer outras questões que possam atrapalhar a realização de seus objetivos – a libertação das terras palestinas ocupadas.

LEIA: Delegação do Hamas conclui visita à Argélia após apresentar visão para alcançar unidade

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments