Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Queda de neve derruba barracas no norte da Síria, deixando refugiados no frio

Muitas barracas em campos de refugiados foram incapazes de suportar o peso da queda de neve nos distritos de Afrin e Azez, no norte da Síria, controlados pela oposição, além de neve também bloqueou estradas locais, deixando alguns moradores desafortunados expostos à tempestade, informou a Agência Anadolu.

As regiões de Azez, Al-Bab e Afrin, já limpas de terroristas pelas forças turcas e aliados locais, ficaram brancas e frias após a queda de neve que começou a cair durante a noite.

Desde 2016, a Turquia lançou um trio de operações antiterroristas bem-sucedidas em sua fronteira no norte da Síria para impedir a formação de um corredor terrorista e permitir o assentamento pacífico dos moradores: Escudo do Eufrates (2016), Ramo de Oliveira (2018) e Primavera da Paz (2019).

ASSISTA: Tempestade atinge campos de refugiados em Idlib, na Síria

Embora a queda de neve tenha parado no início da manhã, as estradas foram fechadas em acampamentos localizados ao redor de Afrin e Azez, onde a neve se acumulava até 40 centímetros de profundidade.

Na região coberta pela neve, muitas barracas foram destruídas pelo mau tempo e pelo peso da neve.

Tentando limpar suas barracas com os meios limitados à sua disposição, os sírios buscam apoio de grupos de ajuda quando podem.

‘Barracas desabaram sobre mulheres e crianças adormecidas’

“Depois da nevasca, nossas barracas caíram sobre nós. A chuva se transformou em neve em um instante, no meio da noite”, disse Mohammed Hisham, morador do acampamento, à Agência Anadolu.

Dizendo que a chuva é muito mais fácil para aqueles que vivem nas barracas, Hisham acrescentou: “Quando a neve ficou pesada, as barracas desmoronaram. As barracas caíram sobre mulheres e crianças enquanto elas dormiam. Quase 50 barracas foram danificadas”.

Eles coletam plástico e papelão para ajudar a se manterem aquecidos e pedem a grupos de ajuda que os auxiliem a passar pelo inverno rigoroso, acrescentou.

“Cobrimos a barraca com cobertores para nos proteger do frio, mas quando a neve chegou, ela desabou sobre nós”, disse Vedi Yacur, outro morador do acampamento.

“Eles tentaram consertar a barraca demolida com a ajuda de seus filhos, mas não adiantou”, disse Yacur.

“Tivemos que nos mudar para nossos vizinhos”, acrescentou. “Os benfeitores forneceram combustível de inverno, mas não foi suficiente. Obtemos nosso combustível coletando plástico de todos os lugares.”

LEIA: A guerra na Síria matou mais de 3.700 em 2021, o menor número em uma década

Categorias
NotíciaOriente MédioSíriaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments