Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Autoridades de saúde da Indonésia visitaram Israel para discutir a pandemia de covid-19, em meio a negociações de normalização

Clínica móvel de vacinação para o coronavírus em Jerusalém, em 26 de fevereiro de 2021 [Mostafa Alkharouf/Agência Anadolu]

Uma delegação da Indonésia visitou Israel nos últimos dias para discutir a pandemia de coronavírus em andamento, de acordo com a Associated Press (AP).

As autoridades de saúde se reuniram com autoridades israelenses “para aprender a como lidar com a pandemia de covid”, disse a reportagem.

A visita ocorre em meio a especulações de que o país de maioria muçulmana mais populoso do mundo, que atualmente não tem laços diplomáticos com Israel, pode estar procurando normalizar as relações, seguindo os Acordos de Abraham mediados pelos EUA, que viram a normalização entre Israel com o Bahrein e os Emirados Árabes, seguidos pelo Sudão e Marrocos.

No entanto, o governo indonésio nega que a visita tenha ocorrido, informou a AP.

O ministro das Relações Exteriores de Israel não confirmou o relatório, mas afirmou que Israel “acredita na cooperação internacional em todos os aspectos da luta contra a covid”.

LEIA: 2021: o genocídio do povo palestino continuou

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, visitou a Indonésia no mês passado, supostamente discutindo a possibilidade de a Indonésia normalizar os laços com Israel, de acordo com uma reportagem da Axios.

“Estamos sempre explorando oportunidades adicionais de normalização, mas deixaremos essas discussões a portas fechadas até o momento certo”, disse o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, à Axios.

Além disso, no ano passado, funcionários dos EUA no governo Trump de saída disseram ao Times of Israel que a Indonésia e a Mauritânia estavam perto de entrar em seus próprios acordos de normalização com Israel.

“A Mauritânia e a Indonésia estão no topo da lista, mas ela muda com base em várias circunstâncias”, disse um alto funcionário dos EUA.

No entanto, um mês antes, um alto membro do parlamento indonésio enfatizou que seu país nunca normalizaria as relações com Israel e confirmou as alegações de que os EUA ofereceram ao país US$ 2 bilhões para fazê-lo.

Categorias
Ásia & AméricasCoronavírusIndonésiaIsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments