Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Palestino entra no 40º ano de prisão israelense, segundo ONG

O ex-primeiro-ministro palestino Rami Hamdallah se encontra com a família do prisioneiro Maher Younes, na cidade de Ramallah, na Cisjordânia, em 11 de março de 2019. [Sede do primeiro-ministro/Apaimages]

Um palestino condenado à prisão perpétua completa 40 anos de detenção em uma prisão israelense, informou a Agência Anadolu.

Maher Younes, 64, foi preso pelas forças israelenses na cidade de Ara, no norte de Israel, em 18 de janeiro de 1983, de acordo com um comunicado da Sociedade de Prisioneiros Palestinos (PPS, na sigla em inglês), uma ONG que defende os direitos dos prisioneiros palestinos nas prisões israelenses.

A ONG disse que as autoridades israelenses fixaram a pena de prisão perpétua para Younes em 40 anos, o que significa que ele está cumprindo seu último ano de prisão.

O grupo de direitos humanos observou que as autoridades israelenses haviam se recusado anteriormente a incluir Younes em quaisquer acordos de troca de prisioneiros.

De acordo com a ONG, 25 palestinos já estavam definhando em prisões israelenses antes da assinatura do acordo de paz de Oslo entre a Organização para a Libertação da Palestina e Israel em 1993.

As ONGs palestinas estimam que cerca de 4.600 palestinos estão detidos em prisões israelenses.

LEIA: A cruel e ilegal realidade dos presos palestinos

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments