Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Emirados juntam-se a fundo franco-saudita em apoio ao Líbano

Primeiro-Ministro do Líbano Najib Mikati (à direita) conversa com o Presidente da França Emmanuel Macron, durante a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), em Glasgow, Escócia, 1° de novembro de 2021 [Governo do Líbano/Agência Anadolu]

Os Emirados Árabes Unidos (EAU) decidiram juntar-se a um fundo franco-saudita para conceder apoio ao Líbano, segundo o Ministro de Relações Exteriores da França Jean-Yves Le Drian.

As informações são da agência de notícias Reuters.

Em dezembro, durante visita à capital saudita, o presidente francês Emmanuel Macron anunciou uma iniciativa para tentar solucionar a crise diplomática entre Riad e Beirute.

“A visita do presidente Macron permitiu ao Golfo renovar seus contatos, o que resultou na criação de um fundo conjunto para apoiar o povo libanês, com a participação, a partir de amanhã ou do dia seguinte, dos Emirados Árabes Unidos”, afirmou Le Drian ao parlamento.

Em 2018, os Emirados doaram US$200 milhões ao Exército do Líbano, para ajudar a “estabilizar” a situação nacional. Agora, ao estabelecer esse fundo, segundo analistas, França e Arábia Saudita buscam reduzir poderes do movimento Hezbollah, que recebe apoio do Irã.

LEIA: Tribunal libanês proíbe governador do Banque du Liban de viajar

Categorias
Arábia SauditaEmirados Árabes UnidosEuropa & RússiaFrançaLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments