Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Fatah rejeitou convite de Moscou para realizar conversas de reconciliação, alerta Hamas

Musa Abu Marzouq, membro sênior do gabinete político do movimento Hamas, na Faixa de Gaza, 7 de junho de 2015 [Abed Rahim Khatib/ApaImages]

O partido Fatah, que detém controle sobre a Autoridade Palestina (AP), na Cisjordânia ocupada, rejeitou um convite da Rússia para realizar conversas de reconciliação nacional, observou nesta terça-feira (11) Musa Abu Marzouq, membro sênior do gabinete político do Hamas.

Em entrevista à Al-Aqsa TV, declarou Abu Marzouq: “Nós [Hamas] estamos prontos para trabalhar com todos os lados para superar a divisão e conduzir eleições nacionais”.

“Jamais rejeitamos qualquer convite para reconquistar a unidade nacional, com base nos princípios palestinos”, acrescentou. “Entretanto, é impossível desempenhar eleições que cumpram as demandas de uma única facção, como exige o Fatah”.

Abu Marzouq exortou o Fatah a reavaliar sua posição política e abster-se de sua reivindicação como único representante do povo palestino, em detrimento de perspectivas distintas.

“Continuaremos a respeitar nossos princípios e manteremos nossa luta até conquistarmos a liberdade do povo palestino”, reafirmou Abu Marzouq.

LEIA: Mahmoud Abbas começa 17º ano como presidente palestino

Categorias
Europa & RússiaIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaRússia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments