Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ministro israelense é ameaçado por colonos extremistas

Ministro de Segurança Pública de Israel Omer Bar-Lev participa de cerimônia da nova coalizão de governo, em Jerusalém, 14 de junho de 2021 [EMMANUEL DUNAND/AFP via Getty Images]

O Ministro de Segurança Pública de Israel Omer Bar-Lev foi ameaçado por colonos extremistas judeus após prometer a um oficial dos Estados Unidos trabalhar pelo fim da violência colonial, segundo informações da imprensa local.

Devido às ameaças, uma escolta 24 horas foi designada ao ministro.

“A partir desta manhã, tenho proteção 24 horas por dia, sete dias por semana”, confirmou Bar-Lev no Twitter. “Pelos últimos seis meses, quando questionado sobre a razão por não andar com segurança, eu respondia que não sofria ameaças”.

“Apesar da minha determinação em lutar contra a criminalidade árabe, eu esperava não chegar ao ponto de receber ameaças pessoais”, acrescentou. “Porém, não sou ameaçado pelos criminosos árabes, mas sim por judeus israelenses”.

Durante um encontro recente do Partido Trabalhista, Bar-Lev foi indagado sobre por que não andava com guardas e reafirmou sentir-se seguro.

LEIA: Colono israelense atropela e mata idosa palestina na Cisjordânia

Bar-Lev atribuiu as ameaças à Ministra do Interior Ayelet Shaked e seus colegas Matan Kahana (Religião) e Yoaz Hendel (Comunicação), que criticaram sua conversa com Victoria Nuland, Subsecretária de Estado para Assuntos Políticos dos Estados Unidos.

“Tais reações dos três ministros à minha postagem tornaram-me o inimigo de todos os colonos e fez com que eu parecesse alguém que não entende de segurança”, insistiu Bar-Lev.

Segundo o The Jerusalem Post, a líder trabalhista Merav Michaeli descreveu as ameaças contra seu correligionário como uma “erosão da democracia”.

Colonos e políticos associados demandaram um pedido de desculpas de Bar-Lev sobre seus recentes comentários; o ministro, contudo, recusou-se a fazê-lo.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments