Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Três irmãos jovens morrem após desabamento de edifícios no Egito

Um prédio desabou no Cairo, Egito, em 12 de dezembro de 2017 [Fared Kotb/Agência Anadolu]
Um prédio desabou no Cairo, Egito, em 12 de dezembro de 2017 [Fared Kotb/Agência Anadolu]

Três jovens irmãos morreram depois que um prédio de dois andares desabou sobre eles na governadoria de Beni Suef, no Egito, ontem.

Equipes de resgate conseguiram salvar outras nove pessoas feridas, incluindo três crianças. Os irmãos que morreram tinham oito, 11 e 12 anos.

As autoridades não divulgaram oficialmente o motivo do desabamento do prédio, embora seja uma ocorrência comum no Egito.

Frequentemente, as ordens de demolição de edifícios inseguros são ignoradas ou a polícia é subornada para que não tenham de ser demolidos.

Em setembro, um prédio de apartamentos desabou na cidade de Shoubra El-Khaima, matando três advogados.

Em julho, um prédio de seis andares no distrito de Warraq, no Cairo, desabou, matando uma pessoa e ferindo outras depois que uma ordem para demolir o prédio foi ignorada.

Os incorporadores imobiliários constantemente violam as permissões de planejamento e continuam a construir mais e mais andares em cima de blocos de apartamentos, mesmo quando não é seguro fazê-lo. Além disso, o trabalho de construção em si muitas vezes não é considerado seguro e a construção ilegal continua.

Em junho, cinco pessoas morreram sob um bloco de apartamentos desabado e, em março, 25 pessoas foram esmagadas e 75 ficaram feridas após o desabamento de um prédio no distrito de Gesr Suez, no Cairo.

Testemunhas relataram que o prédio começou a se inclinar poucos dias antes de cair. Aqueles com meios para isso encontraram outro lugar para morar, enquanto aqueles que não podiam pagar permaneceram.

Um bebê de seis meses sobreviveu ao colapso, mas sua mãe, seu pai e sua irmã foram encontrados mortos.

LEIA: Dono de mercearia no Egito esfaqueia e estrangula uma menina de 6 anos após tentativa de estupro

Categorias
ÁfricaEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments