Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Defesa diz que faxineiro que espionava Gantz para o Irã não pensava prejudicar a segurança de Israel

Ministro da Defesa de Israel, Benny Gantz, em Jerusalém, em junho 14 de 2021 [Emmanuel Dunand/ AFP via Getty Images]

A Defensoria Pública de Israel disse ontem que o membro da equipe doméstica do ministro da Defesa, Benny Gantz, acusado de espionar para o Irã, agiu por “pressão financeira” e não teve a intenção de prejudicar a segurança nacional, informou a Reuters.

A Defensoria Pública, que designou Gal Wolf para defender o suspeito, disse à rádio pública de Kan que o homem pretendia extrair dinheiro sem ter realmente como fazer qualquer espionagem.

“Uma pessoa pode se orgulhar e dizer que pode entregar tudo, [mas] a declaração do Shin Bet não resiste ao teste da realidade”, disse Wolf.

O serviço de segurança do Shin Bet disse em um comunicado que o suspeito se correspondeu com uma “pessoa não identificada com o Irã” nas redes sociais e forneceu fotos tiradas em casa como prova de que tinha acesso e propôs a instalação de malware no computador de Gantz.

O Shin Bet disse que o suspeito, que realizava tarefas domésticas e de limpeza na residência de Gantz, foi indiciado por espionagem por um tribunal em Lod, perto de Tel Aviv. Ele disse que ele foi preso após uma investigação no início deste mês.

Em seu anúncio, o Shin Bet disse que embora o suspeito representasse um perigo potencial para a segurança nacional, ele “não foi exposto a material classificado como secreto e, subsequentemente, nada foi transmitido dele aos elementos com os quais fez contato”.

Omri Goren, um cidadão israelense de 37 anos de Lod, foi examinado e teve permissão para trabalhar na casa do ministro apesar de ter condenações criminais anteriores e cumprir pena por assalto a banco, furto e arrombamento.

LEIA: A permanente tentativa de “normalização” do Apartheid na Palestina Ocupada

Categorias
IrãIsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments