Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel emite 13 ordens de demolição e interrupção de obras na Cisjordânia ocupada

Tratores israelenses escoltados pela polícia destroem edifícios residenciais no bairro ocupado de Silwan, em Jerusalém Oriental, 10 de agosto de 2021 [Mostafa Alkharouf/Agência Anadolu]

Nesta terça-feira (16), o exército israelense entregou 13 ordens de demolição e interrupção de obras contra estruturas a oeste de Ramallah, na Cisjordânia ocupada, conforme detalhes divulgados pelo Centro de Informação da Palestina.

Segundo a prefeitura de Ni’lin, soldados israelenses invadiram a pequena cidade e informaram os residentes de planos para demolir casas, cercas e poços de uso agrário.

Algumas demolições serão executadas dentro de 96 horas.

A prefeitura prometeu conduzir esforços para impedí-las.

LEIA: Forças de Israel saqueiam casa palestina e ordenam sua demolição

Autoridades da ocupação israelense também obrigaram um palestino de Jerusalém a demolir sua própria casa, no bairro local de Ras al-Amud, próximo ao Portão de Damasco.

Abdul-Rahman Barqan relatou que a prefeitura sionista de Jerusalém ocupada constrangeu seu irmão a destruir sua residência de dois andares, ainda em processo de obras, ao ameaçar fazê-lo pagar pelos custos de demolição, caso conduzida por Israel.

Nesta quarta-feira (17), o exército israelense obrigou ainda o palestino Mahmoud Ali a interromper todos os trabalhos de construção em sua propriedade, na região de Abu Sud, na aldeia de al-Khader, ao sul de Belém, na Cisjordânia ocupada.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments