Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito proíbe tuk-tuks como meio de transporte

Motorista egípcio chega em seu riquixá, também conhecido como 'tuk-tuk', até um ponto de táxi para esperar passageiros na capital Cairo, em 16 de setembro de 2019 [Mohamed El-Shahed/ AFP / Getty Images

O governo egípcio decidiu proibir a importação de tuk-tuks após uma iniciativa para substituí-los por meios de transporte mais seguros, informou a mídia egípcia na sexta-feira.

O ministro da Indústria e Comércio, Niveen Al-Qubbaj, compartilhou que os tuk-tuks serão substituídos por minivans movidas a gás natural em todo o país.

Em 2019, o governo egípcio ordenou que as fábricas egípcias que produziam peças para tuk-tuks parassem de produzi-las.

O porta-voz do governo Nader Saad explicou que os tuk-tuks seriam coletados pelo governo e destruídos para não serem reutilizados.

Ele também disse que os proprietários de tuk-tuk receberiam minivans e pagariam a diferença de preço com empréstimos bonificados.

Existem cerca de 2,5 milhões de tuk-tuks usados ​​como meio de transporte no Egito e, de acordo com relatórios egípcios, apenas 10% possuem licenças.

LEIA: Egito mantém prisão de empresário acusado de financiar arqueologia ilegal

Categorias
ÁfricaEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments