Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Líbia não participará da conferência de Paris se Israel participar

Um homem líbio agita sua bandeira nacional em Benghazi, Líbia, em 27 de fevereiro de 2015 [ABDULLAH DOMA/AFP/Getty Images]

A Líbia não participará da conferência de Paris sobre a Líbia se o Estado de ocupação de Israel participar, revelou no início desta semana o porta-voz do Governo de Unidade Nacional (GNU), Mohamed Hammouda.

“O governo está firme em sua posição e na posição de todos os líbios e está comprometido com a causa palestina”, disse Hammouda na terça-feira, segundo o Observador Líbio.

Ele disse que não ficou claro se a França convidou Israel para participar da conferência, mas se as notícias sobre o convite fossem confirmadas, o governo não participaria da conferência.

Isto veio apenas um dia depois que o presidente turco Recep Tayyip Erdoğan disse que seu país não participaria da conferência caso a Grécia, Israel ou a administração cipriota grega comparecessem.

LEIA: Premiê da Líbia expressa apoio às eleições em dezembro

“Não podemos participar de uma conferência em Paris da qual participam a Grécia, Israel e a administração cipriota grega, nós dissemos a ele (Macron). Esta é nossa condição”, disse Erdoğan aos jornalistas.

“Se estes países devem participar da conferência, então também não há necessidade de enviar representantes especiais”, acrescentou ele.

O Ministro das Relações Exteriores francês Jean-Yves Le Drian anunciou em setembro passado que seu país sediará uma conferência internacional sobre a Líbia em 12 de novembro.

Categorias
ÁfricaIsraelLíbiaNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments