Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Hamas saúda resoluções da Unesco pró-Palestina

Vista geral da 40ª sessão da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), na sede da entidade em Paris, França, 13 de novembro de 2019 [Mustafa Yalcin/Agência Anadolu]

O movimento palestino Hamas agredeceu nesta quinta-feira (14) duas resoluções adotadas pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) em favor da Palestina, durante a 212ª sessão de seu conselho executivo, em Paris.

O Ministério de Relações Exteriores sediado em Gaza celebrou a aprovação unânime em favor de instituições de educação e cultura nos territórios ocupados.

As resoluções reafirmam ainda o status de Jerusalém Oriental como cidade ocupada e reivindicam a suspensão imediata de medidas ilegais perpetradas pelas autoridades israelenses na cidade sagrada, enfatizou a chancelaria palestina.

Basem Naim, oficial do Hamas, descreveu ambas as resoluções como “confirmação” da narrativa palestina e indício do colapso no apoio externo concedido a Israel, mediante suas reiteradas violações de direitos humanos e da lei internacional.

Naim exortou ainda a comunidade internacional a cumprir seu dever em nome dos direitos inalienáveis do povo palestino e transformar tais resoluções em ação concreta, para dar fim aos crimes de Israel contra a população nativa e seu patrimônio.

LEIA: Hamas rejeita proposta do Egito de formar governo de unidade com Fatah

Categorias
IsraelNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestinaUnesco
Show Comments
Show Comments