Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Presidente da Argélia demanda ‘respeito’ para devolver enviado à França

Presidente da Argélia Abdelmadjid Tebboune, 12 de junho de 2021 [RYAD KRAMDI/AFP via Getty Images]

O Presidente da Argélia Abdelmadjid Tebboune reafirmou neste domingo (10) que o regresso de seu embaixador à França é “condicional ao respeito absoluto pelo estado argelino”, segundo informações da rede de televisão local Ennahar.

“Nosso embaixador voltará a Paris quando o governo francês demonstrar total respeito ao estado argelino”, reiterou Tebboune em entrevista ao vivo. “Fomos certa vez colônia francesa … a história não deve ser falseada. Não podemos fingir que nada aconteceu”.

No último fim de semana, Argel reconvocou seu embaixador de Paris e proibiu voos militares franceses sobre seu espaço aéreo, após comentários controversos do presidente francês Emmanuel Macron emergirem na imprensa.

Segundo as informações, Macron descreveu a Argélia como “sistema político militar”, além de acusar seu governo de “reescrever sua história”.

O presidente francês já está em campanha eleitoral, em um pleito que deverá colocá-lo contra figuras de extrema-direita, que tradicionalmente negam o genocídio argelino.

LEIA: Grupos argelinos boicotam importações de 500 empresas francesas

Categorias
ÁfricaArgéliaEuropa & RússiaFrançaNotícia
Show Comments
Show Comments